Passaros Exoticos

0
12731
passaros-exoticos-diamante-gould

Os Passaros Exoticos são aqueles que foram classificados pelo Ibama como não pertencentes a fauna silvestre Brasileira e não precisam de autorização especial para criação. Todos os passaros exoticos no Brasil foram importados e são hoje mantidos vivos em em bom estado de saúde e de genética por pessoas dedicadas e apaixonadas por estas lindas aves.

A criacao de passaros exoticos é delicada e muito trabalhosa, pois em casos como o mandarim que é uma ave de fácil criação, os criadores precisam manter um padrao de acasalamento pois se permitido for eles acasalam com qualquer femea e de qualquer cor prejudicando sua genetica e suas cores originadas de mutacoes que foram descobertas ao longo dos anos.

Para aprender a criar estes maravilhos passaros leia bastante, pesquise e aprenda com quem ja possui uma criação em adamento, converse bastaten com criadores e tire todas as duvidas que surgirem ao longo de sua experiencia. Aqui neste site eu me esforça bastante para oferecer dicas de criacao para que todos consigam ajudar a manter estes lindos passaros vivos e sempre com boa saude e genetica.

Nao é dificil visitar loas famosas aqui em São Paulo e fica triste de ver como ainda existem criadores amadores que criam estes passaros sem o menor cuidado. Vejo frequentemente passaors doentes e sem penas, judiados e mal tratados sendo vendidos em lojas de grande nome que não valorizam estes lindos e frágeis seres que Deus nos deu a chance de poder ver e viver com eles.

Por isso gosto de ajudar e de compartilhar informacoes importantes que aprendi ate hoje com todos aqueles que procuram iniciar suas criações de passaros como Diamante Gould, Mandarim, Manon do Japão entre outros.

Exemplos de Passaros Exoticos

Diamante GouldDiamante Gould

Este lindo passaro fio importado da Australia e é hoje um dos mais procurados por criadores. É uma ave que possui diversas cores e não é tão dificil de criar seus próprios filhotes.  As tecnicas utilizadas para criar este passaro sao de facil aprendizado e nao requer nenhum esforço anormal se comparado com outros passaros como o Curió.

Este passaro canta bem baixinho e é muito elegante. É uma ave sensível ao frio pois suas penas foram desenvolvidas para ajudar o seu compro arejar do calor intenso da região que vive. No norte da Australia este passaro vive em regiões de 40 graus ou mais. Suas penas não conseguem protege-lo do frio que faz aqui no Brasil, então todo o cuidado com ele é necessário para que ele consiga viver e criar seus filhotes.

 

Passaro Mandarimpassaros-exoticos-mandarim-bochecha-negra

Este também é um passaro que veio da Australia e vive nas proximidades do Diamante Gould. Muito mais facil de criar e muito mais desinibido, o mandarim é uma ave que cativa seus criadores pela sua cantoria e pela forma como ele se relaciona com as Femeas. Os machos são muio engracados e possuem caractiristicas unicas que facilita e muito o entnedimento de como eles estao com relacao a suas femeas. É um passaro divertido e muito ativo. Arisco e nao gosta de ser incomodado, mas se acostuma com o ambiente e o criador apos algum tempo de convivio.

Este passaro tambem vive em regioes quentes mas é muito mais resistente que o Diamante Gould. Mandarim fica doente se for mal tratado e sub-nutrido. É um passaro forte de alta resistencia mas como ele é muito energetico e ativo precisa de comida constante.

Manon do Japãopassaros-exoticos-manon-do-japao

O manon do japão é um passaro forte e resistente ao frio, pois no japão o frio é intenso e aqui ele passa muito calor. No verão banhos devem ser diários e agua redobrada pois eles bebem muita agua mesmo. Suas penas são grossas e desenhadas com pequenos detalhes em V e ficam cada vez mais bonitos dependendo de suas mutações. O manon do japão é um passaro que requer certos cuidados durante a criação, é uma ave desconfiada e muito inteligente. Demora um pouco para iniciar o ciclo de criação mas é um pouco mais rapido que o diamante gould. Eles criam muito bem seus filhotes e possuem um instinto de cuidado maior que o normal. Tanto que eles são utilizados para criar filhotes de diamante Gould que não conseguem desenvolver suas criações por alguma razão.

Passaro Bavetepassaros-exoticos-bavete

O bavete é uma ave muito intereesante e também vem da Australia. É territorial como o Mandarim mas não fica roubando ninhos como os mandarins fazem se criados em cativeiros. Possui um canto bonito e imita um gavião ao chamar sua femea. Possui um desenho interessante como uma barba e consegue criar seus filhotes sem problemas. São muito ligados a suas femeas e nao costumam trocar de femea. Suas unioes duram ate o fim de suas vidas e quando separados ficam chamando uns aos outros. Mansos, mais tranquilos que os outros passaros exoticos australianos, se criados na seringa se apegam ao dono e viram filhotes para o resto da vida. Conheço criadores que dizem ter mantido um Bavete por mais de 8 anos.

O Bavete gosta de calor mas se adapta bem ao frio. nao possui tantos requisitos para criar seus filhotes mas como todos este lindos passaros precisam estar longe de ventos encanados ou de corredores.

Passaro Star Finchimages

Este passaro possui qualidades unicas, um canto muito baixo, quase nao pode ser ouvido e tambem tem dificuldades para criar seus filhotes. nao recomendado para criadores iniciantes estes passaros precisam de ambientes adequados e de temperauras adequadas para criar seus filhotes. O Star Finch é originário da Australia e vive sempre em bandos. Nunca sozinho cria bem em colonias e precisa de no minimo 7 metros quadrados de area para conseguir se sentir a vontade para iniciar sua criação. A necessidade faz a situação mudar e claro que ele tambem cria em gaiolas, mas eu mesmo ja tive casais de Star Finch que nunca criaram em gaiolas e quando soltei em viveiro começaram a criar. Entao cada casal possui uma restrição e é isso que aprendi criando os Star Finch. Ariscos de delicados, comem bastante, precisam de espaço e não gostam de invasões nos seus ninhos. Um pássaro bonito, diferente, mas de cuidados especiais para quem pretende criá-los.